Pedro Villas-Boas

É considerado um nome de referência na modalidade de todo-o-terreno. Foi um dos primeiros portugueses a aventurar-se no Paris Dakar.

Participou pela primeira vez em 1982, acompanhado por Pedro Cortês e José Megre, com um UMM Cournil. Voltou a competir em 1984 e 1987. Participou no Camel Trophy, o qual terminou em segundo lugar, com a mesma pontuação que a equipa vencedora.

É o sócio-fundador do Clube Aventura, que organizou várias provas de TT ao longo de todo o país, e em diversas modalidades como provas de navegação, trial e regularidade. Juntamente com José Megre e Carlos Barbosa, organizou, em 1987, a primeira competição de todo-o-terreno em Portugal, a Baja 500 Portalegre que passados mais de 30 anos se realiza.